Playstation Preview

BGS 2016: Horizon: Zero Dawn – o novo jogo da Guerrilla impressiona Apesar da demo superficial, o jogo impressiona na apresentação à portas fechadas.

Horizon: Zero Dawn é um dos jogos mais esperados pelos jogadores de Playstation 4 para 2017. A BGS 2016 deu aos jogadores brasileiros a chance de experimentar o jogo em primeira mão e controlar a protagonista Aloy lutando contra seres mecânicos.

Infelizmente, a demo jogável peca pela falta de profundidade. Enquanto Horizon: Zero Dawn promete um RPG de ação, a demonstração permitia pouco mais que um combate raso, em um ambiente limitado.

Pudemos experimentar os movimentos furtivos da personagem, se esgueirando e matando inimigos em silêncio. Algumas armas estavam disponíveis, como diversos tipos de flechas, bombas e um disparador de ganchos que permite prender um oponente ao chão. Ao menos, a demonstração serviu para dar uma ideia dos gráfico e do desempenho impecável do jogo, rodando em devkits com hardware do Playstation 4.

Ao mesmo tempo em que a demo rasa era jogada no pavilhão da Sony, uma apresentação a portas fechadas dava mais detalhes do jogo.

Nela pudemos ver um trecho maior da demonstração apresentada durante a E3 2016, mostrando a protagonista em uma vila, interagindo com outros personagens e comprando equipamentos – toda rodada em tempo real, jogada por um dos produtores da desenvolvedora.

Horizon contará com muitos elementos de RPG, como vestimentas com habilidades específica e interações com NPCs, além de um sistema de evolução por nível.

Embora já tenhamos visto a personagem Aloy ‘hackear’ uma criatura mecânica em forma de touro para usá-la como montaria, outros inimigos também poderão ser ‘hackeados’, mas apresentarão funcionalidades e vantagens diferentes para a protagonista – inclusive aqueles incríveis dinossauros com cabeça em forma de disco.

Horizon: Zero Dawn é exclusivo do Playstation 4 e tem previsão de lançamento para fevereiro de 2017.

Designer por profissão e gamer de coração, Raphael é apaixonado por jogos que sejam imersivos e permitam que ele se esgueire por trás de seus inimigos, eliminando-os de forma silenciosa e impiedosa.