PC Playstation Review Xbox

Review: Call of Duty Black Ops 4 Tudo o que você precisa saber sobre o novo jogo de tiro da Treyarch

E finalmente chegamos naquele momento do ano onde os tiros começam a rolar nos consoles… o fim do ano sempre reserva datas para as franquias anuais dos shooters, como Call of Duty e Battlefield, e nós do Doze Bits não poderíamos ficar de fora de um dos maiores lançamentos do ano (já considerado pela Activision o maior lançamento da franquia na história, fazendo 500 milhões de dólares no primeiro fim de semana).

Sem campanha, mas… e daí?

A grande mudança de Call of Duty BO4 é não ter um modo campanha para um jogador. O jogo é quase que 100% online e o quase quer dizer que o jogo tem alguns momentos em que é possível jogar sozinho contra a IA do jogo. Ué? Mas isso não é campanha? Não. O jogo conta agora com uma série de especialistas, como Rainbow Six Siege, e todos eles tem uma missão de introdução, uma espécie de tutorial onde você aprende as habilidades de cada um, e um trecho de história, que mostra porque aquele especialista está ali e o que o levou até aquele momento. São 10 especialistas e todos tem uma história de background bem interessante. E é o suficiente para imergir um pouco no jogo.

Os já conhecidos modos versus online estão lá também… Controle, Assalto, Contra Todos, Baixa Confirmada, Localizar e Destruir, Dominação, Zona de Conflito e Mata-Mata em Equipe são presenças garantidas e esperadas em todos os jogos da série. Com a adição dos especialistas, o jogo fica um pouco mais tático e mais divertido também, já que os especialistas tem habilidades diferentes e juntos podem fazer um estrago considerável no time adversário.

Você gosta do Modo Zumbi? Ele está presente e traz a novidade Corrida de Zumbis, um modo ainda mais frenético que o Modo Zumbi Clássico… aqui o número de inimigos é maior e a batalha contra o tempo é implacável. Contando com 3 mapas, IX, Cruzeiro do Desespero e Sangue dos Mortos, a diversão e o stress de jogar o Modo Zumbi andam lado a lado.

Zumbis… zumbis por todos os lados.

Jay Puryear, Diretor de Desenvolvimento de Marca da Treyarch, nos disse em entrevista feita durante a Brasil Game Show que “os fãs já sabem o que esperar dos nossos jogos, mas dessa vez resolvemos ouvir ainda mais a comunidade e transformar Call of Duty BO4 em algo que eles realmente vão amar jogar! Todos os modos clássicos estão lá e trouxemos muitas novidades que, temos certeza, serão muito bem recebidas pelos jogadores!”

Jay Puryear, da Activision, durante entrevista com Luiz Belonio, do Doze Bits e Thomás Levy, PR da Activision no Brasil.

Fortnite… quer dizer… Battle Royale… quer dizer… BLACKOUT!

Muito se falou na Treyarch estar se aproveitando do momento para lançar um modo Battle Royale em Call of Duty BO4. Sim… é inegável que eles aproveitaram o momento para entrar nesse novo gênero. E eles acertaram. EM CHEIO! As mecânicas de Call of Duty sempre foram favoráveis aos jogadores que correm e atiram, correm e atiram, correm e atiram… e essa é a essência dos Battle Royales. Com pouquíssimas adaptações, a Treyarch fez um mapa gigante de Call of Duty e colocou 88 jogadores (foi rebalanceado dos 100 iniciais) para pegarem loot e fazerem do mapa uma guerra gigantesca. Ao contrário dos seus antecessores mais famosos, Fortnite e PUBG, as partidas de Blackout são rápidas e você não precisa jogar por 40 minutos e se frustrar ficando em segundo lugar. Todas as partidas que joguei duraram no máximo 25 minutos e, sim, já tenho uma vitória.

Modo Blackout… excelente adição à franquia.

Mas as surpresas do modo Blackout são mesmo grandes… além de ter que lidar com os outros jogadores querendo te matar, você ainda encontra muitos veículos para se mover pelo mapa, inclusive helicópteros, e… ZUMBIS! Pois é… eles estão presentes também no modo Blackout e são os guardiões dos melhores loots do jogo. Normalmente ficam em lugares fechados e são indicados por um feixe de luz, visível por todo o mapa. Ou seja… muitos jogadores vão atrás desse loot e muitas mortes acontecem nessas áreas, tanto para os zumbis quanto para os jogadores mais espertos que ficam de olho em quem tenta pegar o loot. Confesso que fiquei desesperado ao entrar em uma casa infestada de zumbis… eu não esperava por isso!

Quando falei sobre essa sensação para Jay Puryear, o mesmo foi bastante enfático ao dizer “É essa a sensação que gostaríamos que os jogadores tivessem. Fizemos esse tipo de coisa pensando em como poderíamos surpreender os jogadores de outros jogos Battle Royale e fazer com que os fãs gostassem ainda mais do nosso jogo!”

Parece que eles estavam certos!

Mas… nem tudo são flores!

Call of Duty BO4 é um jogo excelente, porém tem seus problemas. A jogabilidade de Call of Duty é perfeita para os Battle Royales, mas algumas coisas necessárias nesse tipo de jogo não funcionam tão bem quanto deveriam no modo Blackout. Pegar o loot é um delas e é algo essencial nos jogos de Battle Royale. Sem loot, sem jogo! O ato de pegar o loot é demorado e confuso, em alguns momentos os acessórios e miras das armas vão para as mesmas automaticamente, em outros não. Existem muitos itens que dão bônus para os jogadores e seus parceiros, alguns parecem extremamente desnecessários e apenas estão lá para ter o “algo a mais”. Não fazem muito sentido.

O matchmaking nos modos multiplayer é sofrível. Fui jogado muitas vezes em partidas já perdidas (com menos de 30 segundos para terminar). Eu entendo que o jogo precise preencher as vagas dos jogadores que saíram da partida para balancear, mas acho MUITO INJUSTO ser jogado em uma partida já perdida.

Por diversas vezes, antes das partidas começarem, algum membro do meu grupo (party fechada com os amigos) acabou caindo da sala e começamos as partidas com um jogador a menos ou com um estranho aleatório que não estava no grupo. E isso aconteceu de forma aleatória e com praticamente todos os jogadores do grupo, caracterizando uma falha do jogo e não de rede por parte dos jogadores.

Em alguns momentos sentimos bastante a presença do nosso nada querido amigo lag. Jogar jogos de tiro frenéticos com lag é a pior experiência que você pode ter. Atirar em um inimigo pelas costas, ele virar e ainda te matar é algo mágico, só que ao contrário.

Call of Duty Black Ops 4 foi lançado no dia 12 de outubro de 2018 e está disponível pra PC, PlayStation 4 e Xbox One (versão testada).

Jornalista, pai do Joaquim, marido da Carol, gamer… realizando um sonho aqui no Doze Bits!

Excelente diversão para os fãs da série e para quem gosta de Battle Royale

Muito mais do que esperávamos, mas ainda pode melhorar muito! Call of Duty Black Ops 4 surpreende com o novo modo de jogo Blackout mas deixa a desejar naquilo que a franquia mais sabe fazer: jogos de tiro frenéticos e balanceados.

9